Acerca de mim

A minha foto
Who am I? who cares? no matter. He knows who I am, and that, yes, that cares...

domingo, maio 10, 2009

No meio da dor... BEM-ESTAR

Amados em Cristo, fui operada na passada 5. feira ao tendão de Aquiles.
Entrei no bloco operatório com esperança que o tendão só estivesse parcialmente lesado. Mas não. A rotura tinha sido total e estava "feiote". Após uma primeira crise de braquicárdia após anestesia RAC (graças a Deus depois puseram-me a dormir, hahaha) tudo parece ter corrido ok.
A todos aqueles que têm orado, cuidado, amado, o meu muito obrigada. Não quero deixar de passar esta oportunidade para expressar, àqueles que me têm dito que me admiram pela coragem de continuar a sorrir perante o que ocorreu, que sorrir é uma decisão de optar por seguir em frente, nem sempre uma emoção.
Por isso, decidi partilhar hoje convosco alguns dos eventos mais marcantes minha vida nos últimos anos:
No dia 01/05/2003 tive a noticia que iria ser operada urgência a uma necrose hemorroidal (alguns de vocês poderão ainda se lembrar). Foi um tempo muto doloroso.
Em Agosto/2003 o meu marido foi operado urgência para remover um rim por tumor maligno descoberto num check-up rotina no trabalho.
Em Março/2004 faleceu a Joana, uma jovem cristã cuja vida e sofrimento abalaram a minha fé.
Acumulado com muitas outras coisas que ocorreram na minha vida, acabei por perder a fé. Disse-o publicamente na minha congregação.
No dia 02/05/2004 deitei-me no chão do meu quarto - de cara no chão - chorei, e orei e escrevi essa oração para nunca dela me esquecer:
"-Com alta voz chorei amargamente, disse-Lhe também que estava sentida porque Ele não me havia ajudado a encontrar o caminho de volta e não me havia consolado. Olhei para a minha vida, para os que estavam à minha volta, e... e dei um passo de fé!Não O sinto, não O vejo, mas sei que Ele tem estado presente.Decidi resolver antes de prosseguir em frente, as situações que ainda me perturbem e então, sigo em frente.Ele sabe as cargas que levo, só Ele me pode aliviar delas e se não ma aliviar, vai-me dar a capacidade de carregá-las.Não sei o porquê das tempestades, mas também não vou mais questioná-las.Não sei o porquê da constante perda de coisas que eu gostaria de possuir, mas não vou mais questioná-Lo.Só por hoje... Amén!"
Foi uma decisão. E assim segui.
Voltei à faculdade, queria ter melhores ferramentas para O servir. As pessoas continuavam a procurar-me para eu as ouvir e eu nunca fui de dar o que não tinha. Tive que me afastar. Procurar encontrar-me.
Porque ninguém dá o que não tem. Isso é hipocrisia.
A escolha da Psicologia foi meramente "casual". Entrei numa universidade, perguntei quais os cursos de âmbito social comunidade que tinham. Imagine-se que foi um Coordenador Curso Economia e Contabilidade que me convenceu a entrar em Psicologia! (quando soube no final da nossa conversa que eu era TOC o Sr. ficou de várias cores, hehehe).
Em 2005 quebraram-se relacionamentos pessoais. Uma nova avalanche sei sequer perceber de onde. Seguiu-se a noticia que em virtude do hipofuncionamento hormonal que eu tinha os ossos tinham envelhecido e tinha artroses ancas, bacia, cervical, e, que se se mantivesse o desenvolvimento das artroses, por volta dos 60 anos estaria numa cadeiras rodas. UHAU.
Em Setembro/2005 retirei-me 14 dias para estar só. A Ler, a meditar, a orar. Uma decisão.
No dia 22/09/2005, Deus falou comigo. Ainda posso sentir a Sua Mão acariciando-me a face. Loucura? sim. Aos olhos humanos é loucura, fantasia, um acto psicótico.
Deus me disse que eu era dura que nem uma pedra. Uma pedra imperfeita, partida, mas era esta pedra imperfeita que Deus queria abençoar. Seria conhecida pelo meu fervor, dedicação, entrega ao Seu Ministério. Disse-me que eu batia à Sua Porta a pedir socorro, mas logo colocava-me a correr porque o inimigo perseguia-me e eu tinha medo se ser apanhada por ele. Disse-me que eu não tinha a coragem suficiente para confiar que Ele me Abriria a Porta antes que o inimigo me alcançasse. E que sempre que Ele me abria a Porta, eu já lá não estava. Eu que clamava De onde bem o meu socorro? o meu socorro vem do meu Senhor que fez os céus e a terra, tinha que começar a olhar para o céu! Disse-me: Ergue os teus olhos para o Alto porque Eu sou Deus de longe e de perto e não estou tão longe que não te possa ver, porque apesar seres pedra, teimosa, impulsiva, Vejo o teu coração, o teu esforço, tu és minha, Eu te resgatei para me servires. Pensavas que te irias embora e Eu não falaria ao teu coração? Estarei Eu tão longe que não te ouça? disseste e bem, Eu não corro, Eu sou Intemporal, Eu não falo à pressa. Não sou um programa que se liga e desliga conforme o interesse. É preciso aprender a respeitar-Me. Estiveste 12 dias sozinha. O Meu filho este 40 dias no deserto. Outros meus servos também. 12 dias não é nada, mas a tua ansiedade e vontade de ires embora eram grandes. Ainda assim compreendeste isso e nada esperaste de Mim. Estavas conformada que Eu não te falasse. Irias tu embora sem que Eu te falasse? Eu sou Deus de longe e Deus de perto! Eis que estou à Porta e bato, ao que Me abrir a porta Entrarei e Cearei com ele. Então não baixes, não baixes a tua cabeça! levanta o teu rosto para o céu e não tenhas vergonha de chorar..."
Desde então a minha vida mudou. Apesar de ter aceite Cristo como meu Senhor e Salvador em 1986, baptismo em 1987, creio que aceitei verdadeiramente Cristo naquele dia 02/05/2004 no chão do meu quarto.
No dia 01/05/2009 - exactamente 6 anos depois de ter ido parar à urgência (com a necrose e ser operada urgência) - lá fui parar novamente, desta vez com uma rotura do tendão Aquiles na perna esquerda, que segundo a ortopedista pode ter sido originado pela sobrecarga que faço nas pernas em virtude artroses ancas, sendo a esquerda a que está pior.
A 1. coisa em que pensei é que estava em melhor situação que os pais da Raíssa(outra jovem que faleceu dias antes), a dor deles é sem dúvida muito maior que a que eu estava a passar no momento.
Não escondo que neste momento estou a sofrer. Que tenho dores. Que esta situação trouxe-me imensos contratempos. Um semestre de uma pós-graduação que terei que repetir e pagar, o trabalho que está a ser desenvolvido em termos de psicologia e que quando finalmente se estava a alcançar resultados e nesta fase não é prudente parar, obrigatoriamente tem que se parar.
Não vos digo que os problemas acabaram. Ou que já tive dias em que pedi a Deus o salto para o intemporal.
Mas posso dizer-vos que tenho bem-estar, maior auto-controlo emocional, sociabilidade e emotividade q.b.
Posso dizer-vos que hoje sinto-me bem na minha identidade, que sei quem sou e o que valho.
Amanhã não sei se ainda serei assim
.
Mas só por hoje, vale a pena relembrar-me e meditar nisto.
Tudo isto para vos agradecer, para vos mostrar um pouco de mim e pedir que vejam sempre o próximo tal como é, com virtudes mas também com muuuitos defeitos.
Que as vossas expectativas nunca sejam demasiadas, nem quanto a mim nem quanto aos que vos rodeiam.
E uma vez mais, OBRIGADA pelo amor e cuidado.
E de resto, P.U.S.H. (Pray Until Something Happen), expressa bem o que queria dizer-vos.
God bless you,

Tinoca Laroca

6 comentários:

Marlene Maravilha disse...

Sem palavras!
Mas quando conseguimos expressar o que sentimos estamos caminhando para a cura, quer seja da alma ou do físico.
Anexo-te nas minhas oracoes especiais. És importante demais para Deus e para mim também.
Nao há muito o que dizer, só meditar mesmo.
Deus te abencoe. Postei um relato no meu espaco. Assim é a vida. Ainda bem que nao estamos sós!
beijos

Vinni disse...

Oi Tinoca!
Sou um dos adolescentes da Alê e ela vive falando do seu blog! hehe...
Caramba!!! Como me indentifiquei com essa postagem! Apesar de ser mais novo que você também passei por umas coisas assim, e reencontrei Jesus há pouco tempo! Força pra ti, que Deus te abençõe muuuuuito!!!

te add na minha lista de Blogs :)

Bjaum!

Vilma disse...

Por isso que a Palavra de Deus nos diz em Tiago, que nos devemos sentir alegres ao passar por várias provações, pois sairemos fortalecidos com elas.
Que Deus te abençoe, e continue a fazer a Sua obra em ti até ao dia de Cristo, pois ele conclui tudo o que inicia!
As tuas melhoras e desejo de boa recuperação dessas ossadas e companhia! :))

alealb disse...

querida,
como você sabe,
estou orando!

te amamos muito,
:)
força!
beijos,
alê e cia
:)

Anónimo disse...

Marlene,
Vinni,
Vilma,
Alê...
OBRIGADA.
God bless you,
T.

Anita disse...

Ainda que tu não possas ver, há uma mão forte te segurando.
Há um olhar de alguém superior que te ama.
Há anjos poderosos te protegendo.
Há seres celestiais recolhendo as tuas lágrimas.
Há um Deus Todo Poderoso aplainando o teu caminho.

Um maravilhoso fim de semana amiga.
Continuação das melhoras.
Beijinhos...
Fica bem.Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)