Acerca de mim

A minha foto
Who am I? who cares? no matter. He knows who I am, and that, yes, that cares...

sábado, junho 28, 2008

Porque seríamos nós castigados por Deus? nããããã.....

"Porque seriam vocês castigados, vocês que persistem em ser rebeldes? todos vocês estão doentes e o vosso coração está fraco.
...
De que Me servem os inúmeros sacrificios que vocês fazem? diz o Senhor Jeová. Estou farto dos sacrifícios dos carneiros e da gordura dos animais cevados; não Me Agrado do sangue dos novilhos, dos cordeiros e dos bodes.
Quem é que vos pediu para fazerem isto, virem pisar os Meus Átrios, quando vêm para comparecer ante Mim?
Não continuem a trazer ofertas vãs; para Mim o vosso incenso é abominável. As luas novas, os sábados, a convocação das assembleias... Não posso suportar a iniquidade e o vosso ajuntamento solene!
A Minha Alma aborrece-se de todas as vossas luas novas e as vossas festas fixas; já Me são pesadas, Estou cansado de ter que as suportar e sofrer.
... Lavem-se, purifiquem-se; tirem de diante dos Meus Olhos a maldade dos vossos actos; deixem de praticar mal. Aprendam a fazer o bem; busquem ser justos, deixem de oprimir os outros, façam justiça àquele que é órfão, defendam a causa da viúva.
Venham então e discutamos em conjunto, diz o Senhor; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão alvos como a neve; ainda que vermelhos como o carmesim, irão tornar-se como a lã."
Isaías 1:11-18
Porque seríamos nós castigados se nos castigamos a nós mesmos? Nós mesmos nos destruímos, Deus nem precisa de "mexer um dedo"...
Porque continuamos a obrigar Deus a suportar as nossas reuniões solenes de domingo na congregação se não começamos sequer um percurso próprio de mudança interior? pensamos que por irmos à igreja, darmos sacríficios de louvor, servirmos nesta e noutra área, nos limpa do pecado, do interior que não muda... Obrigamos Deus a ter que suportar o nosso mau cheiro, como se Ele fosse a lixeira onde se despeja o lixo da comunidade...
Primeiro precisamos de nos lavar, tirar esta podridão interior em que vivemos.
Precisamos aprender a fazer o bem e fazer o bem não implica oprimir outros, obrigar outros a fazer o que nós queremos - é buscar fazer justiça, é deixar de oprimir neste fazer justiça.
Porque não praticamos a justiça do mundo mas uma Justiça que liberta; é o fazer justiça a todos aqueles que estão sozinhos, que não têm ninguém que os defenda.
Temos a coragem de ir e discutir com Deus? De enfrentarmos o nosso eu perante Ele?
Fiquei para aqui a pensar...
Será que vale a pena...
alguém meditar nisto? (...)
Tinoca Laroca

7 comentários:

Marlene Maravilha disse...

Vale pena meditar nisso sim minha querida irmã, porque precisamos entender que conversão genuína exige mudança, e que sem santificacão ninguém verá o Senhor.
Como sempre, um excelente post!
God bless you darling!
beijos

Anita disse...

Amiga linda bom dia. Uma semana cheia de bençãos.
Muitos beijinhos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Marlene Maravilha disse...

Uma semana cheia de bencaos, paz e amor, é o que desejo-te.
beijos

alealb disse...

queridas,
saudadesssss
:)

Marlene Maravilha disse...

God bless you!!!!
beijos e uma linda semana!

Anónimo disse...

queridas Marlene, Alê e Anita,
estive 10 dias fora em descanso.
Muito obrigada pelo vosso carinho.
God bless you,
T.

di disse...

Vale sempre a pena meditar naquilo que nos pode tornar melhores diante de Deus, e este texto é sem dúvida algo que vale a pena meditar.

Beijocas, DTA