Acerca de mim

A minha foto
Who am I? who cares? no matter. He knows who I am, and that, yes, that cares...

segunda-feira, março 26, 2007

milagre... M I L A G R E !!!!

Há três semanas estava o meu carro parado numa fila de trânsito, quando de repente... "catrapus!!!", um carro mais apressado bate no meu carro e vai contra os raides na berma; "inexplicavelmente" o meu carro fica com o farolim traseiro estalado e com umas arranhadelas, o outro carro fica todo amachucado (não me perguntem como isto é possível, porque não consigo explicar).
Duas semanas após este evento, sou chamada de urgência à escola. No decorrer de um encontro inter-escolas, o meu filho tinha feito uma luxação no joelho a jogar baskett (um choque entre dois joelhos). Quando cheguei lá o prognóstico não era famoso. Os professores não conseguiram dar o famoso "esticão" (de tal modo o joelho tinha saído do lugar), e, os bombeiros quando chegaram, também não; falava-se numa eventual fractura. Meti-me na ambulância e lá fomos. Todos eram unânimes quanto à violência das dores que os meu filho estava a ter.
A caminho do hospital, o meu filho perguntava: "- mãe, vão-me dar um esticão e vai-me doer, eu sei que vai-me doer! Mãe, eu não quero que me dêem o esticão!", e, ficava desesperado só com esta ideia. Eu respondia-lhe: "- Eu não sei se vai doer, nunca passei por isso, mas não te serve de nada sofrer antecipadamente. E se Jesus te cura o joelho? vai na volta, quando chegarmos ao hospital, já estás curado e vimos embora, e, de nada te serviu estares a sofrer antecipadamente pensando no que vai doer o esticão".
Coincidência ou não, a verdade é que ele começou a sentir uma coisa no joelho, e, pareceu-me que o joelho estava realmente mais direito. Quando chegámos ao hospital, o pessoal médico mal olhou para o joelho deu um prognóstico "feio": em principio iria para a sala de operações. Colocaram-lhe o cateter na mão (a muito custo, diga-se), tiraram sangue, e, lá foi para o raio-x. Depois, foi o tempo de espera. Os únicos ortopedistas que haviam, estava no serviço de urgência geral (adultos), e, tivemos que esperar cerca de uma hora e meia para o atendimento; nesse entretanto, o meu filho começou a mexer a perna, e, começámos mesmo a acreditar que estava a ficar curado.
Quando chegou finalmente à ortopedia, o joelho já estava no lugar. O inchaço tinha igualmente desaparecido. O ortopedista calcava-lhe com força nos músculos e o miúdo não se queixava. Resultado: foi mandado para casa, todos meio aparvalhados, não sabiam dizer se deveria ou não usar canadianas, se deveria ou não usar ligaduras elásticas, porque por um lado achavam que sim, por outro, como colocava normalmente o pé no chão, não sabiam o que dizer.
Tiraram-lhe o cateter, e, apenas umas horas depois de um prognóstico tão "feio", estávamos de volta ao lar.
Na escola ainda estão todos estupefactos. Todos são unânimes em afirmar que é possível o joelho voltar ao lugar. Mas não se encontra unanimidade no facto de ter ido sozinho ao lugar, e ainda por cima, tão rapidamente e sem sequelas. Os professores de educação física pediram para que seja efectuada uma ressonância magnética.
Pessoalmente, nunca tinha testemunhado um milagre físico "instantâneo" na minha vida. E, se o pessoal médico fala em milagre, quem sou eu para os desmentir?
Se o meu filho tivesse sido operado ou tivesse ficado com sequelas graves, Deus continuaria a ser o mesmo. Se o meu carro tivesse ficado todo partido e eu com sequelas físicas graves e irreversíveis, Deus continuaria a ser o mesmo. Vivo aqui na terra, com os pés bem assentes. A terra está sob o efeito da maldição, e, coisas boas e más acontecem a justos e a injustos. Vivemos sob um eixo de probabilidades.
Mas, o que quero ressaltar é o seguinte: quantas vezes sofremos antecipadamente por acontecimentos que poderão nunca vir a acontecer? Ficamos a lastimar-nos ("vai doer", "vai doer") por algo que pode nunca vir a acontecer. E vivemos nesta ansiedade. Na ansiedade do que irá acontecer na nossa vida, quando ainda nem aconteceu. Sofremos antecipadamente. E a vida já tem tantos sofrimentos. Ainda lhe acrescentamos mais um: a ansiedade do que poderá nunca vir a acontecer.
Pensei para comigo mesma:
Talvez...
valha a pena...
meditar nisto.
"Por isso, digo-vos: Não andes ansioso quanto à tua vida, com que tens que comer ou que beber; nem quanto ao teu corpo, com o que tens que vestir. Não será a VIDA mais do que o mantimento para o corpo, e, o CORPO mais do que a roupa?... Não te inquietes com o dia de amanhã, porque o dia de amanhã irá cuidar de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal."
Mateus 6:25-34
Tinoca Laroca
"Senhor, agradeço-te por tamanha Misericórdia e pela possibilidade de ter experimentado esta experiência, rica sob todos os aspectos. É desejo do meu coração que todos pudessem experimentar do Teu Amor, da Tua Salvação, do Teu Viver. Só por hoje. Porque do que serei amanhã, nada sei. Em Nome de Cristo Jesus, Amén!"

16 comentários:

alealb disse...

livramentos de Deus!!!!
Ele cuida de nós!
e sabe a hora de nos livrar e de nos fazer passar pelo fogo...
sem ser queimados!
amém, Tinoca, que Deus continue te abençoando e também aos seus!
e obrigada por ressaltar a questao da nossa ansiedade - este mal que nos corrói e que precisamos deixar à margem da nossa estrada, confiando só no Pai!!!
beijos,
alê

sofia disse...

e ainda há gente que não crê em Jesus....

Anita disse...

LInda bom dia para ti. Que tremendo testemunho, espero que muitos possam ler este teu testemunho e venham a ver o quanto Deus é poderoso, tremendo,é demais. Que Deus nos ajude a sermos mais obedientes a Ele, a descansarmos mais Nele e não andarmos ansiosos por antecipação. Eu própria me esqueço muitas vezes disso. Obrigado amiga.
Beijinhos perfumados,
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Anónimo disse...

Alê, Sofia, Anita,
obrigada pelos vossos rastos por aqui...
God Bless you.
T.

Ana disse...

Adoooorrrooo milagres! Sou uma fã incondicional dessas coisinhas esprituais! Que grande passo de fé hem Tininha? ALELUIA! O nosso Deus é o MAIOR! Posso dizer q me senti mto contente ao ler isto! E sim, a cura existe!

Ana

Anónimo disse...

God bless you Anicas!
T.

Marlene Maravilha disse...

Aleluia!!!!!Glória a Deus!!!
É lindo conhecer Jesus e com Ele andar! Isto é previlégio para os que crêem!
Eu acredito em milagres, porque eu sou um milagre!!!!
Viva!!!
beijos a ti e a família!

Paula disse...

Não tenho a mínima dúvida da mão de Deus sobre essa situação. Alegrem-se com o milagre e que
isso fortaleça a vossa fé. Eu fui edificada ao ler.

Beijos

Anónimo disse...

Marlene e Paula,
obrigada pelos vossos rastos deixados aqui.
GOD BLESS YOU.
T.

Raquel disse...

Os milagres são tão importantes! Mas para além da alegria de tudo estar bem, fez-me bem ler a reflexão que geraste a partir da situação. Acho que perante os Seus gestos de amor,temos de anexar ao "obrigada" uma reflexão, uma lição que nos faça crescer!

Anita disse...

Oi linduxa boa tarde. Vim deixar-te muitos beijinhos e desejar-te um maravilhoso e abençoado fim de semana.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

Rubinho Osório disse...

Pois. Li uam frase tempos atrás: "Hoje é o amanhã que você tanto temia ontem..."
Parabéns pro guri

Anónimo disse...

Raquel e Anita, obrigada pelos vossos rastos por aqui...
Rubinho, fiquei meditando nas suas palavras: "HOJE é o AMANHÃ que eu temia ONTEM", muito profundo, e muito sábio.
GOD BLESS ALL OF YOU.
T.

jc disse...

Obrigado pela edificação...

Deus realmente é grande... Que possamos confiar Nele sempre...

Eu preciso!

Anita disse...

Bom dia minha querida. Um maravilhoso e muito abençoado dia. O frio não nos larga.
Fica bem. Fica com Deus.
Beijinhos e muitos abracinhos,
Anita 8amor fraternal)

Tinoca Laroca disse...

JC,
Anita...
Obrigada.
God bless you.
T.